Patrulhas em ação!

Por: João Vitor Gonçalves (Águia); Mariana de Castro Estevam (Condor); Scarlett Manuela Matto Pietsrzak (Gavião).

No sábado dia 24 de abril a Tropa Titan realizou atividades em patrulhas, que foram organizadas e coordenadas pelos monitores.

A patrulha Águia organizou um encontro virtual que foi regado à jogos. Jogamos Stop, Gartic phone e RISK. Também aproveitamos para avaliar as atividades do primeiro ciclo e apresentarmos algumas especialidades – itens que estavam pendentes para alguns membros da patrulha. Nesta atividade, aprendemos como jogar novos jogos e utilizar ferramentas que estão à nossa disposição no mundo virtual. Foi uma boa estratégia para aproveitar os momentos do escotismo online da melhor maneira possível, sempre aprendendo e nos divertindo, na medida do possível.

A patrulha Condor também optou por uma tarde de jogos. Jogamos Broken Picture phone, com tema escoteiro é claro! Foi também uma oportunidade para aprimorarmos formas de darmos nossa opinião, assim como defendê-las, isso de forma civilizada, para que pudéssemos chegar a um consenso quanto às respostas em relação a avaliação do ciclo. No final, como já é costume na nossa patrulha, ficamos batendo-papo. Adoramos!

A patrulha Gavião resolveu fazer um acampamento, com o tema Masterchef! Foram várias semanas de preparação até o dia do acampamento. Começamos no sábado com a saudação à bandeira, um jogo animado proposto pela monitora e, em seguida, respondemos ao questionário de avaliação enviado pela chefia. Cada um preparou sua barraca improvisada e apresentamos para toda a patrulha. Fizemos o convite para conversar com uma Confeiteira. Ela nos explicou como calcular a receita de bolo para 50 pessoas e ainda como calcular o seu custo. Em seguida colocamos a “mão na massa”: cada um preparou a receita de um bolo confeitado, fizemos uma sobremesa light (salada de frutas!! Algo que podemos repetir nos acampamentos presenciais, quando isso por possível) e ainda preparamos canudinhos de maionese, cuidando da sua apresentação. Pensa que acabou por aí? Não! Em conjunto pesquisamos as recomendações de conservação e higiene no preparo de doces. Foi um sucesso, nos tornamos quase, quase confeiteiros profissionais! Foram dois dias divertidos, de muito trabalho, mas também de muitos aprendizados.

Logo a Tropa Titan discutirá e aprovará o novo calendário de ciclo. Com certeza novas atividades de patrulha serão realizadas. Logo compartilhamos essas aventuras. Sempre Alerta!

Equipe Equidade de Gênero GESD em Ação: Tropa Titan

Você sabia que desde 2020 existe a Equipe de Equidade de Gênero do GESD? Essa foi uma iniciativa das então pioneiras Bruna Pioli, Carolina Dias Vianna e Maria Luísa Kovalhuk e hoje conta com o engajamento de diversos escotistas do nosso Grupo.

O propósito dessa equipe é “contribuir para que os jovens e adultos voluntários do nosso grupo escoteiro saibam o que é equidade de gênero e qual a importância de vivenciar este tema nas suas vidas”. E para alcançar esse objetivo, 2021 será um ano de realização de diversas atividades relacionadas ao tema.

No dia 13 de março, bem na semana em que comemoramos o Dia Internacional das Mulheres, a Tropa Escoteira Titan realizou uma atividade para discutir estereótipos, que muitas vezes provocam desigualdades de gênero. Os jovens foram desafiados a resolver enigma sobre acidente de pai e filho, no qual refletiram sobre como algumas construções sociais marcam preconceitos de gênero.

Para Laura Pioli, 13 anos, “durante a atividade nós discutimos sobre a falta de credibilidade que é dada às mulheres. Em muitas situações as mulheres têm seu crédito retirado por serem o que são, quer dizer, MULHERES, e foi sobre isso que o vídeo que assistimos tratou. Graças a ele tivemos espaço para abrir uma argumentação onde falamos sobre o assunto, e entendo que foi oportunidade para todos aprendermos muito”.

Matheus Labre, 14 anos, destaca que “há muito preconceito em relação a determinadas atividades profissionais. Nossa sociedade tem, infelizmente, uma visão de que mulheres não podem ser as mais competentes em determinados locais. Foi uma atividade muito interessante e reflexiva e eu espero que tenha mais atividades com esse tema”.

Uau… quanta profundidade nas reflexões, hein?

E aí, quer saber qual era o enigma? Em breve divulgaremos a ficha boa ideia dessa e de muitas outras atividades sobre equidade de gênero. Acompanhem nossas publicações no site do GESD para saber o que mais vamos “aprontar”.

Edital de convocação – Assembleia Geral Ordinária de 2021

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL – REGIÃO DO PARANÁ

GRUPO ESCOTEIRO SANTOS DUMONT – 20 PR

CONVOCAÇÃO

A Diretoria do Grupo Escoteiro Santos Dumont – 020/PR, em conformidade com o Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil, vem pelo presente instrumento convocar os membros da Assembléia de Grupo: Dirigentes, integrantes da Comissão Fiscal, Pais/Responsáveis pelos jovens do Grupo, Escotistas, integrantes do Clube da Flor-de-Lis, Pioneiros, Monitores e Monitoras do Ramo Sênior e Escoteiro – a participar da sessão de trabalho a realizar-se no dia 20 de março de 2021, às 17h em primeira convocação, com a presença na integralidade de seus membros, e às 17h15min, em segunda convocação com qualquer número de membros presentes.

Local: meet.google.com/dcj-nmuc-jza, em conformidade com os artigos da Lei que regem a realização de assembleias de associações, seguindo a seguinte ordem do dia:

1 – Abertura da Assembléia de Grupo;

2 – Eleição do Presidente da Assembléia;

3 – Eleição do Secretário da Asssembléia;

4 – Nomeação dos membros das Comissões Gerais (Escrutínio e Assuntos Gerais);

5 – Aprovação da Ata da Assembléia anterior;

6 – Prestação de contas do exercício de 2020;

7 – Parecer e recomendações do Conselho Fiscal sobre as contas de 2020;

8 – Eleição através de chapa da Diretoria de Grupo Gestão – 2021/2023;

8 –Eleição através de voto unitário dos membros da Comissão Fiscal para Gestão – 2021/2023;

9 – Assuntos Gerais;

10 – Encerramento

Curitiba, 04 de março de 2021

Luis Alberto Gobbo de Oliveira

DIRETOR PRESIDENTE

Nota: A ata da Assembleia anterior e a prestação de contas está disponível em https://gesd.org.br/downloads/

GESD participa dos Fóruns de Ramos

Por Kimberley da Rocha Jones

Nos dias 12 e 13 de dezembro de 2020 os Escoteiros do Brasil promoveram os Fóruns Nacionais de Ramos, que basicamente foram a oportunidade que os jovens do movimento escoteiro tiveram de soltar suas vozes e fazer a diferença. Esses fóruns aconteceram única e exclusivamente com o intuito de ouvir as propostas dos jovens em relação ao programa educativo.

O nosso Grupo Escoteiro Santos Dumont teve participação em todas as categorias dos fóruns, tanto no ramo escoteiro, com a colaboração de seis jovens das tropas Titan e Senta a Pua (Camilla Kuribara, Gabriel Henrique Dalke, Luís Henrique Gonçalves, Mariana Dambrós, Nina Kastrup e Anna Júlia Silva) e dois escotistas (Gabriel Fonseca e Isabela de Almeida); quanto no ramo sênior, com a participação da guia Kimberley da Rocha Jones e dos chefes Kleber Broch e Leonardo Morgado. Tivemos também a participação da mestre Diva Vieira no fórum pioneiro.

Como jovem do ramo sênior, afirmo que a nossa participação nesses fóruns foi excepcional, não só pelo fato de que tivemos abertura para opinar no movimento em que vivemos, mas pela experiência. Diversas ideias e visões diferentes sendo discutidas, sempre com respeito à opinião do próximo e entrando em um consenso final. Foi um evento muito importante para a nossa vida escoteira, para o nosso caráter e pelo espírito de mudança.

Se precisasse resumir esse evento em uma frase, eu diria: “Unidos em fraternidade, vamos juntos rumo à mudança!” Jovem, abrace as oportunidades que você tem de sua voz ser ouvida, não é apenas um evento, é história! Participe, opine, ria, faça sua parte! A instituição precisa de você, pois quem faz o movimento escoteiro acontecer, somos nós, jovens!

Uma aventura de cinema entre as Alcateias e a Titan

Por Artur da Paz Vieira Brito e Priscila da Paz Vieira

Nosso sábado, dia 24 de outubro, foi muito animado e diferente. Isso porque nós reunimos, virtualmente (é claro), as alcateias Baloo, Bagheera e Kaa e a Tropa Escoteira Titan. O convite veio dos escoteiros e nós aceitamos prontamente.

Nos encontramos pontualmente às 14:30. Foi bonito ver o hasteamento virtual das nossas quatro bandeiras! A escoteira Marianna da Mata nos explicou que visitaríamos quatro bases relacionadas a filmes e nos dividimos em equipes, que misturaram lobinhos e escoteiros. A minha foi a Equipe 3 (eu adorei, porque fiquei junto com meu amigo Bruno Chaves, que agora é escoteiro. Já fazia tempo que não fazíamos atividades juntos).

Nossa primeira base foi a do “Bob Esponja e o Tangram”. Os escoteiros João Gonçalves e o Lucas Pontes (na verdade, nós o chamamos de Café) nos explicaram que o Bob Esponja está querendo ficar muito inteligente e descobriu que praticar com o tangram é uma boa estratégia. Nos unimos a ele e recortamos as peças dos nossos tangrams. O primeiro desafio foi montar a sede do Grupo (quem sabe assim matamos as saudades, né?). A Kotick da Bagheera nos desafiou a montar todos os animais da jângal em tangram… será que é possível?

Também teve a base do “Harry Potter, o invisível visível”. As escoteiras Nina Kastrup e Marianna, ops, melhor seria dizer as professoras Nina Mcgonagall e NN Snape, nos ensinaram as palavras mágicas “Ver invisimilus” e com a ajuda das nossas varinhas mágicas foi possível encontrar letras e desenhos escondidos em diversas imagens! Eu adorei essa base.

A base “Mickey adora música” foi muito animada. As escoteiras Camilla Kuribara e Sofia Pimentel, com suas orelhas de Minnie, nos ensinaram a música dos copos. Ufa… foi desafiador. Combinamos de praticar para, no nosso retorno às atividades presenciais, fazermos uma sinfonia em conjunto, em ritmo super acelerado (velocidade é a minha especialidade!!!)

E finalmente, teve a base “Monstros S.A: desenhar o próprio monstrinho”. A Mari Dambrós e o Gabriel Dalke nos disseram que a Walt Disney pediu nossa ajuda para desenhar um novo monstrinho para os próximos filmes. Eles nos deram algumas orientações e nós mostramos nossa criatividade! Descobrimos que cada um tem um jeito de desenhar e que todos esses jeitos são legais. O importante de tudo, especialmente para nós do movimento escoteiro, é respeitarmos “os jeitos” de todas as pessoas.

Chegou o momento do encerramento. “Ah….. passou muito rápido”, dissemos muitos de nós. Gostamos muito desse encontro, afinal, se no movimento escoteiro somos todos irmãos, significa que o Grupo Escoteiro Santos Dumont é uma família! Família que é família se conhece bem, então, essa tarde em conjunto foi fundamental para nos conhecermos ainda mais. Já combinamos de fazer um novo encontro, mas PRESENCIALMENTE. Esperamos que seja logo!

GESD se reúne em Assembleia de Grupo

Por Matheus Santana Labre, com a colaboração de Priscila da Paz Vieira

A Assembleia de Grupo é uma reunião onde os membros associados de um grupo escoteiro tomam decisões sobre sua gestão, discutindo temas como as finanças, eventos e etc. Membros da diretoria, jovens, escotistas, pais e responsáveis são convidados a participar. Uma vez mais eu estive presente, só que dessa vez foi diferente, vocês já descobrirão por quê!

Nosso encontro foi convocado para o dia 15 de outubro e foi como a Assembleia Geral das Nações Unidas desse ano: em formato virtual, fato inédito em 62 anos de história do nosso Grupo. Brincadeiras à parte, nós avaliamos e aprovamos as contas referentes ao ano de 2019 e fizemos a eleição dos nossos delegados à Assembleia Regional Escoteira: um delegado jovem, quatro adultos efetivos e dois suplentes. Eles irão representar o nosso grupo no próximo ano, na Assembleia que ocorrerá em abril, na cidade de Ponta Grossa.

Mas uma assembleia não inicia no dia em que ela é realizada. Nas semanas anteriores são publicadas as orientações: a convocação, que apresenta a pauta, ou seja, os temas que serão discutidos; e também recebemos orientações sobre a apresentação de interessados a candidatos para delegados. Nossa Corte de Honra se reuniu e definimos que apresentaríamos um candidato. Poderia dizer que já virou uma tradição, pois é a segunda vez consecutiva que nos mobilizamos (ano passado elegemos a Mariana Mazur Lor Dambrós como representante jovem; ela participou da Assembleia Regional Escoteira e ainda foi eleita como representante jovem para a Assembleia Nacional Escoteira, ambas em 2020).

Esse ano, coloquei meu nome à disposição. Fui aprovado pela Corte de Honra da Tropa Escoteira Titan, pela Assembleia da nossa Tropa e, finalmente, meu nome foi aprovado na Assembleia de Grupo. Me sinto muito honrado em poder representar nosso Grupo Escoteiro e o farei com muita responsabilidade, esse foi o compromisso que assumi no dia da minha promessa (“fazer o melhor possível”) e que reforcei após a eleição a delegado junto com todos os participantes.

Também serão delegados os escotistas Leonardo Morgado (Tropa Sênior Pico Paraná), Maderli Ponchirolli (Alcateia Baloo). Osmar Ponchirolli (Clã de Pioneiros Santos Dumont) e Kleber Broch (Tropa Sênior Pico Paraná). Os suplentes, que são responsáveis por substituir os efetivos em caso de impossibilidade de participação, são os escotistas Gabriel Fonseca (Tropa Escoteira Senta a Pua) e Mauro Alberti (Clube da Flor de Lis).

Pauta vencida, reunião encerrada….. agora estou na expectativa de que a pandemia acabe para que eu possa viajar à Ponta Grossa participar da minha primeira Assembleia Regional Escoteira de forma PRESENCIAL!

Sempre alerta!

100 máscaras, mais proteção

Por Camilla Kuribara

                O ano de 2020 foi afetado por uma grande pandemia, a COVID-19, que mudou a vida de muitas pessoas. Durante a quarentena, a ideia do projeto já estava vindo à minha mente, mas apenas quando meu pai veio com uma proposta o projeto realmente foi colocado em prática.

Dessa forma, no dia 10 de julho de 2020 eu comecei o projeto para a Insígnia de Ação Comunitária. Meu objetivo era costurar pelo menos 100 máscaras para poder doar para aqueles que precisam. A primeira etapa foi realizar uma pesquisa para ver os melhores tecidos para utilizar na máscara. Em seguida, tivemos que ir comprar os mesmos. Com as lojas de tecidos fechadas por cauda da pandemia, ou comprávamos pela internet ou esperávamos as lojas voltarem a abrir. Para a nossa sorte, uma semana depois as lojas voltaram a funcionar e pudemos ir até a loja para poder ver a qualidade dos tecidos e assim saber exatamente qual comprar.

A produção das máscaras começou umas duas semanas após o início do projeto e continuou até dia 3 de setembro. Durante o processo, minha vó me ajudou a cortar os tecidos e medir as coisas enquanto eu costurava. Meu pai foi atrás de lugares para doar e encontrou um grupo voluntário chamado Rango de Rua.

O Rango de Rua é um projeto de grupo de voluntários que aos sábados, ou mesmo durante a semana, distribui marmitas e bebidas para moradores de rua de Curitiba. Entramos em contato com eles e descobrimos que estavam aceitando doações de máscaras. Como achamos o projeto interessante, fomos conhecer, doar e ajudar. Eu e meu pai fomos no dia 05 de setembro, um sábado, ajudar na entrega de marmitas e aproveitei para fazer a entrega das máscaras que havia produzido. Consegui entregar todas.

Foi uma forma que encontrei para praticar um dos ensinamentos de Baden Powell: “Deixe o mundo um pouco melhor do que o encontrou”. Sempre Alerta!

Garota segurando uma tesoura com a mão direta, cortando um rolo de tecido.
Garota sentada atrás de maquina de costura costurando uma máscara.

Convocação Assembleia de Grupo

UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL – REGIÃO DO PARANÁ

GRUPO ESCOTEIRO SANTOS DUMONT – 20 PR

CONVOCAÇÃO

A Diretoria do Grupo Escoteiro Santos Dumont – 020/PR, em conformidade com os Artigos 32, 33 e 34 do Estatuto da União dos Escoteiros do Brasil, vem pelo presente instrumento convocar os membros da Assembleia de Grupo: Dirigentes, Membros da Comissão Fiscal, Pais/Responsáveis pelos jovens do Grupo, Escotistas, Membros do Clube da Flor-de-Lis, Pioneiros, Monitores e Monitoras do Ramo Sênior e Escoteiro, para a Assembleia de Grupo Ordinária de 2020.

A sessão de trabalho acontecerá no dia 15 de outubro de 2020, às 19h30 em primeira convocação, com a presença da integralidade de seus membros, e às 20h, em segunda convocação, com qualquer número de membros presentes.

Local: https://meet.google.com/mzq-izmr-gfr, em conformidade com a Lei 14.010/2020, seguindo a seguinte ordem do dia:

1 – Abertura da Assembleia de Grupo;

2 – Eleição do Presidente e Vice-Presidente da Assembleia;

3 – Eleição do Secretário da Assembleia;

4 – Nomeação dos membros das Comissões Gerais (Escrutínio e Assuntos Gerais);

5 – Aprovação da Ata da Assembleia anterior;

6 – Prestação de contas do exercício de 2019;

7 – Parecer e recomendações do Conselho Fiscal sobre as contas de 2019;

8 – Aprovação das Contas de 2019;

9 – Eleição dos representantes do Grupo Escoteiro para a Assembleia Regional de 2021;

10 – Assuntos Gerais;

11 – Encerramento

Curitiba, 25 de setembro de 2020

Luis Alberto Gobbo de Oliveira

DIRETOR PRESIDENTE

Nota: A ata da Assembleia de 2019, as contas de 2019 e o parecer e recomendações do Conselho Fiscal sobre as contas de 2019 estão disponíveis em www.gesd.org.br/downloads/.

Minha jornada de travessia

Por Valéria de Pedro Barbosa

Sabemos que neste tempo de pandemia as coisas não tem sido fáceis e as atividades que fazíamos tiveram que ser adaptadas. É óbvio que não é a mesma coisa mas se cada um fizer a sua parte e tiver boa vontade, podemos tirar proveito delas e nos divertir neste momento delicado.

A minha jornada de travessia, que aconteceu nos dias 18 e 19 de setembro desse ano não foi diferente. Sendo a última etapa para a Lis de Ouro, eu tinha muitas expectativas, e eu garanto que não podia ter sido mais especial.

Mesmo ela tendo sido dentro da minha casa em vez de uma trilha ou no meio do mato, foi um tempo muito bom para relembrar o tempo em que eu estive na tropa Senta a Pua, de agradecer por todas as aventuras que vivi, de lembrar do valor das minhas amizades e o quanto elas são importantes pra mim.

Foi uma jornada um pouco diferente do que eu esperava mas superou em muito as minhas expectativas. Ao longo dela, (graças ao trabalho incrível que a minha chefe assessora Carol fez) eu fui abrindo cartas a cada horário com tarefas pra fazer e eu amei todas, foram super especiais. Pela primeira vez eu fiz uma paella, que é o prato típico do meu país, e passei um tempo muito bom com meu pai.

Virtual, mas nem por isso menos legal

Por Isabel Carreira Ribeiro Proença de Moraes

No último final de semana aconteceu o 8º Jamboree Nacional Escoteiro. Foi meu primeiro Jamboree, mas mesmo sendo completamente online foi incrível. Deu um gostinho nessa quarentena ansiosa pelo 9º Jamboree! Pois sei que cada vez vai ser mais incrível. Fiz novas amizades, que vão durar para toda a vida. Se eu pudesse dava um replay só para ter essa experiência novamente.