Solidariedade não tem hora marcada!


Por Kaue Klingelfus Badia e Priscila da Paz Vieira

O COVID-19 chegou ao Brasil em fevereiro, com a repatriação de brasileiros que estavam na China*. Quem diria que seríamos impactados de forma tão rápida! A primeira decisão foi a suspensão das atividades escoteiras presenciais. Os calendários das seções começaram a ser reorganizados para nos adaptarmos a nova realidade.

No movimento escoteiro desenvolvemos a habilidade de estar sempre alerta para as situações que ocorrem no nosso entorno. Além disso, é nossa responsabilidade fazer o melhor possível para servir aqueles que necessitam. Desse compromisso, surgiu uma campanha apoiada por todo o nosso Grupo Escoteiro: a campanha de doação de cestas básicas.

A ideia surgiu das diversas notícias na televisão sobre a situação difícil que famílias em Curitiba estão enfrentando devido ao corona-vírus. Muitas pessoas que dependem da renda diária de suas lojas, lanchonetes, banquinhas ou pequenos negócios informais ficaram impossibilitadas de trabalhar durante esse período de “quarentena”. Então, a proposta foi mobilizar as famílias do GE Santos Dumont e seus amigos para a arrecadação de cestas básicas.

A campanha durou uma semana e já no primeiro dia de doações conseguimos 25 cestas. No final do período contabilizamos a arrecadação de R$ 3.180 reais, que foram transformados em 60 cestas básicas. Na segunda-feira, dia 6 de abril, as doações foram entregues na sede da Provopar Paraná, quem se encarregou de distribuí-las à população necessitada.

Um agradecimento especial à mãe Marcia Klingelfus e ao escoteiro Kauê que cuidaram da compra das cestas, da sua entrega e da prestação de contas a todos os participantes da campanha.

Mais um exemplo de solidariedade e compromisso do movimento escoteiro com a sociedade na qual vivemos. Afinal de contas, como diz nossa promessa escoteira: “ajudamos o próximo em toda e qualquer ocasião e praticamos diariamente uma boa ação”!

* Nota do editor: posteriormente à redação dessa matéria, ficou provado que o primeiro paciente contaminado com a COVID-19 retornou de uma viagem à Itália. A informação do jovem, no entanto, não altera o propósito da boa ação efetuada.

Veja os vídeos clicando nos links abaixo:

  • Compartilhe:

Últimos Eventos

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens