Drive-Thru Solidário do GESD


Por Ana Paula de Castro Estevam

Ainda que estejamos realizando as nossas atividades escoteiras em casa, nada nos impede de fazermos a nossa Boa Ação presencial seguindo todas as normas de segurança, não é mesmo, Família GESD????

O isolamento social devido ao COVID 19, doença provocada pelo novo coronavírus, não nos deixa indiferentes diante de tantas famílias precisando de ajuda neste momento. Foi assim que, em 4 dias, criamos um grupo de conversas reunindo jovens e escotistas e começamos a organizar o DRIVE THRU SOLIDÁRIO do GE SANTOS DUMONT. Nosso objetivo: apoiar as famílias atendidas pelas instituições RECRIANÇA e VOVÓ OTÍLIA.

Em pleno domingo à tarde fizemos uma reunião por vídeo chamada e juntos começamos a pensar nas ações. A principal delas era definir a data para que, o quanto antes possível, estas doações chegassem às famílias. Como gostamos de adrenalina, batemos o martelo para o sábado seguinte, em nossa sede e no horário de atividade presencial. Demais detalhes acertados, saímos desta reunião cheios de esperanças e expectativas para que o dia 30/05/2020 chegasse.

Na segunda-feira já tínhamos o banner de divulgação para as redes sociais e aí foi um trabalho de formiguinha mesmo, cada um fazendo a sua parte. Jovens de todas as seções, pais, escotistas, todos iniciaram a divulgação da ação. E daí, meus amigos, caiu nas redes sociais, já era! Foi de arrepiar ao abrir facebook, instagram, whatsapp durante toda a semana e ver a divulgação diária por parte de todos do GESD sobre o nosso DRIVE THRU.

Confesso que esperei por aquele sábado com a mesma expectativa que espero por um acampamento de grupo (ao final vocês vão entender o porquê kkk).

E o sábado chegou, com um sol lindo, típico do inverno curitibano que foi aquecendo o nosso dia e nos proporcionou muitos sorrisos, alegrias, surpresas e emoção. Aos poucos os escotistas envolvidos foram chegando, cada um já trouxe as doações que havia conseguido durante a semana. Organizamos a frente da sede e logo começaram a parar os primeiros carros. Com um largo sorriso, escondido atrás das nossas máscaras, fomos recebendo muitas doações, direto das janelas dos carros. Muitas famílias de nossos jovens passaram por lá para fazer a sua doação, matar as saudades da sede e poder ver, mesmo que de longe e rapidinho, um de seus chefes.

Mas algumas peculiaridades chamaram a nossa atenção, entre elas o relato de pessoas que sempre têm alimentos para doar no carro e que, ao verem a nossa ação, pararam e se somaram a campanha. Outros, ao passar e ver nossa faixa de divulgação, foram até o mercado mais próximo e voltaram para contribuir. Também o depoimento de uma lobinha, recém-chegada ao nosso Grupo, que disse estar muito ansiosa para o retorno das atividades presenciais, já que até então só participou das virtuais.

Um momento muito marcante foi com um morador de rua, que ao observar nosso movimento, se aproximou e nos pediu um tênis, já que o que ele estava usando, estava bastante gasto. Muitas foram as doações de roupas e sapatos recebidas, por isso, prontamente encontramos um calçado no tamanho apropriado para aquele senhor. Junto com o tênis, lhe entregamos um pacote de bolachas. Aí a surpresa: ele agradeceu, no entanto, disse que ficaria com o tênis, mas devolvia a bolacha para que pudesse ser entregue a outra pessoa mais necessitada (nos contou que faz suas refeições no albergue que lhe acolhe). Esta atitude mexeu muito conosco por inúmeros motivos, mas principalmente, porque nos faz acreditar que ainda há muitos SERES HUMANOS do bem.

Foi muito bonito e emocionante ver a nossa sede com tantas doações de roupas, alimentos, produtos de higiene e limpeza e, inclusive, um fogão. Foram pelo menos 90 carros que pararam ao longo da tarde de sábado. E os resultados são dignos de uma grande família, como a família GESD:

1 tonelada de alimentos

222 itens de limpeza

1.200 peças de roupas

120 livros e brinquedos

E como entregar tudo isso???

Fácil… (mas nem tanto assim kkk) Saíram do grupo, no próprio sábado, 1 kombi, 1 furgão e mais 4 carros lotados, mas lotados mesmo, com as doações para as instituições.

No entanto, mais do que doações, nosso dia terminou com muitos sorrisos, algo escondidos pelas máscaras, mas que transmitiam muita alegria e amor. Uma mistura de sentimentos, impossíveis de explicar, muito menos de mensurar.

Por isso tudo, deixo meu registro de gratidão à toda família GESD por abraçar a ideia e fazer essa ação acontecer.

Ah, e saímos da sede com uma certeza: logo realizaremos o DRIVE THRU PARTE II, nos aguardem…

Aqui estão algumas fotos. Se quiserem ver o álbum completo, é só clicar aqui.

 

  • Compartilhe:

Últimos Eventos

Escoteiros do Brasil - Educação e lazer para crianças e jovens